Heráldica Brasil

Heráldica Brasileira, Brasões e Símbolos

Estamos de volta, para mais Heráldica!

Senhoras e senhores, é muito bom estar de volta a publicar, agora no novíssimo Heráldica Brasil.

Nas últimas semanas, estive trabalhando secretamente neste novo blog, dividindo o tempo destinado a ele com o meu novo projeto acadêmico, um blog de crônicas sobre a época medieval chamado Dias do Reino (que também está em fase inicial). Nas próximas semanas, aos pouquinhos, vou adicionar os links e atalhos necessários. Os posts mais visitados do Blog de Armoria também serão transferidos para cá, e depois disso, o Heráldica Brasil começa oficialmente os seus trabalhos, numa roupagem mais madura e mais cuidadosa do que antes.

Minhas armas pessoais por Lee Lumbley

Minhas armas pessoais, desenhadas pelo heraldista americano Lee Lumbley, assinando o retorno.

No último ano, muitas mudanças ocorreram, entre elas o meu retorno à Universidade e o meu primeiro projeto bem-sucedido, o brasão da minha cidade, São Bento, que foi oficializado (logo deve ter uma página sobre ele por aqui). E entre eles veio a oportunidade de adquirir um endereço próprio, e parar de depender do limitado Blogspot.

Como sempre, o blog será fiel aos princípios aos quais eu sempre me propus dentro da heráldica. Como já se sabe, eu não sou um artista heráldico. Eu sou um designer gráfico que vez por outra produz algumas obras heráldicas, quando tem tempo livre. Não vendo e não cobro por obras heráldicas, especialmente porque sei de vários casos de artistas que levaram calote de “clientes bem-intencionados”. Eu que não me arrisco. Outro ponto importante, é que assim como no Blog de Armoria, no Heráldica Brasil também não nos metemos com o pessoal das lojinhas de brasões. Relembrando as palavras do Célebre François Velde, idealizador do heraldica.org:

Qualquer um que afirma poder encontrar suas armas apenas olhando num livro ou numa base de dados, ou é um ignorante ou é um mentiroso.

Por fim, para concluir a tríade das minhas máximas sobre heráldica. No Heráldica Brasil se fornece conhecimento, informação, e vez por outra, desenhos e diversão heráldica. Assim, garantir a veracidade genealógica e o direito do brasão é de inteira responsabilidade de quem busca a informação. Então não venham me perguntar “Qual o meu brasão”, porque isto eu já respondi lá no grupo Heráldica Brasil, no Facebook.

E se você não está lá, sinta-se à vontade para pedir entrada. Apenas não esqueça de responder às perguntas da administração.

Biblioteca no ar

E agora, de volta ao trabalho. Antes de fecharem, deem uma olhada no menu do blog. Há um link para um dos meus sonhos antigos, a Biblioteca do Heráldica Brasil. Já tem alguns volumes disponíveis.

Até a próxima publicação!

Próximo

Brasões de Família não existem

  1. Rafael Cristovão de Azevedo

    Que maravilha \o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén